Por que não aceitamos mudar?

Posted on

Essa semana estou lendo um livro muito interessante de estudos realizados sobre como nosso cérebro processa a informação na hora de decisão de compra. O autor se diz um guru do neuromarketing e especialista em inovação. Achei válido compartilhar um trecho do livro.

Porque não conseguimos mudar algo que sabemos que devemos (e queremos) mudar?

Existe um estudo importante da Universidade Harvard em que um dos objetivos era entender o que faz com que as pessoas não mudem. Graças a esse estudo, descobriu-se que, no momento de conflito para tomar decisões ou fazer as coisas de forma diferente, o cérebro gasta muito mais energia. Ou seja, questionar-se e modificar a forma como resolvemos e fazemos as coisas é bastante desgastante.

foto 2(1)

  • Share

Os social media (picareta) pira.

Posted on

O governo brasileiro proibiu os concursos culturais via Facebook em anúncio realizado nesta quinta-feira. Ao ler o título da matéria já imaginei que teria problemas, mas depois de ler os motivos e conversar com alguns amigos, acredito que foi uma das melhores coisas que aconteceram para quem (realmente) trabalha com isso.

Eu nunca fui muito fã de sorteios e concursos culturais. No geral, a grande maioria atrai “clientes vazios”, que só querem ganhar o brinde e depois irem embora. Ou pior, fãs que ficam e viram apenas números, não curtem, não comentam e não tem engajamento nenhum com a marca. Prefiro 100 clientes ativos na página do que 1000 que não fazem nada. Essa é inclusive uma “briga” recorrente que tenho com alguns clientes.

curtir

  • Share

Quais pesquisas o Google ainda não faz?

Posted on

Muita coisa mudou nos últimos anos graças a tecnologia e eu particularmente sou muito feliz por isso. Sou viciada em tudo que facilita a minha vida e uso muito as ferramentas do Google, inclusive para trabalhar. E por isso, as vezes sinto falta de algumas funções que acredito que ainda não existam, pelo menos por enquanto. Quem sabe daqui a alguns anos? Dez anos atrás, mal sabíamos o que era um celular, não é verdade? rs…

Alguns tipos de pesquisas seriam muito úteis se estivessem disponíveis, listo algumas abaixo:

1º) Busca pela imagem:
busca pela imagemJá imaginou que legal seria tirar uma foto de alguma coisa que você não sabe ou esqueceu o nome e o sistema te fornecer essa informação na mesma velocidade das buscas do Google?

Talvez o Google Glass já faça um pouco do que eu gostaria de ter acesso, mas como eu ainda não tenho o meu não sei dar certeza. O que sei, é que não conheço nada parecido com isso disponível no mercado. Você conhece?

  • Share

Eu e Dominguinhos.

Posted on

Dominguinhos chegou na TV Record para a entrevista e ao recepcioná-lo eu lhe disse: “Sr. Dominguinhos, vamos até a nossa maquiagem para poder passar um pouco de pó e tirar

  • Share

O mundo sem mobile? Seria possível?

Posted on

Já imaginou o nosso mundo de hoje sem celular? Seria possível? Uma pesquisa recente mostrou que 62% dos usuários de 18 até 44 anos usam o celular em até 15 minutos depois de acordar. E já somos 70 milhões de usuários só no Brasil. Daria pra não usar?

  • Share

Comércio eletrônico na Capital | Dados de 2013

Posted on

O Instituto Fecomércio do DF acabou de liberar os dados de uma pesquisa relacionada ao comércio eletrônico aqui do Distrito Federal. A pesquisa revela que os principais produtos comprados são pacotes aéreos e eletrônicos e a maioria das compras tem um valor mínimo de R$ 300,00.

Os segmentos dentro do comércio que mais se destacaram por possuírem negócios na internet são: Eletroeletrônicos (19,7%); Sexy Shop (8,7%) Perfumarias (8,7%) e Vestuário (8,1%). Os smartphones ainda não alcançaram a preferência entre os consumidores como ferramenta de compra na internet, apenas 3,3% dos entrevistados disseram comprar algum produto por meio do aparelho.

  • Share

O que a internet sabe sobre você?

Posted on

Você monitora o que “a internet” sabe sobre você? Como vai sua reputação online?

Não sei você, mas eu “Google” meu nome pelo menos uma vez por dia para saber quais os resultados que aparecem. Afinal, muitas vezes nosso nome vale mais do que dinheiro. Também tenho ativado um Google Alerta com meu nome (Super fácil e recomendo que faça o seu – Já expliquei como fazer aqui no blog).

O que muitas pessoas que também usam os serviços do Google não sabem é que a empresa possui um grande volume de dados em cima do que nós mesmos fornecemos. Mas, para nos tranquilizar, existe uma ferramenta/site que relata tudo o que você tem registrado no banco de dados deles. Resume em uma página os dados relacionados a mais de 20 produtos e serviços, como o Gmail, Google Agenda, Google Docs, Histórico da web, Alertas e YouTube.

  • Share

O que Martin Luther King diria sobre os protestos que estão acontecendo no Brasil?

Posted on

martin luther kingUma noite, quando Martin Luther King estava pregando em sua igreja, um assistente chegou correndo com uma mensagem urgente. Uma bomba explodira na casa de King enquanto a mulher e a filha pequena estavam dentro. King correu para casa e foi recebido por uma multidão de várias centenas de negros, assim como o prefeito e o chefe de polícia. Sua família não tinha se machucado, porém as janelas da frente de casa estavam estilhaçadas e havia uma cratera na sua varanda. Se alguém estivesse nos cômodos da frente quando a bomba explodiu, essa pessoa poderia ter morrido. Enquanto King avaliava os estragos, cada vez mais negros chegaram. Os policiais começaram a mandar a multidão se dispersar. Alguém empurrou um policial. Uma garrafa voou pelo ar. Um dos policiais brandiu um cacete. O chefe de polícia, que meses antes declarara publicamente seu apoio ao Conselho dos Cidadãos Brancos, uma organização racista, puxou King de lado e pediu para que ele fizesse alguma coisa – qualquer coisa – para impedir que eclodisse um tumulto.

  • Share

24hrs usando o iOS 7: O que achei?

Posted on

A Apple lançou segunda-feira passada, dia 10, o novo iOS 7. A versão oficial deve ser liberada em setembro, quando geralmente as atualizações do IOS acontecem. Ontem tive acesso a versão Beta do sistema e já instalei, porque não aguentei esperar. Vi vários vídeos sobre o sistema operacional e realmente é uma das maiores atualizações que a Apple já fez. Vou contar um pouco do que achei depois de ter instalado e estar usando a quase 24hrs. 😉

Tela de início: O novo papel de parede nativo do celular é dinâmico, as bolinhas ficam se mexendo, bem bonito. Como antes, também dá pra acionar a câmera direto da home, basta arrastar o símbolo para cima

imageFalando em arrastar, os comandos básicos acionados pela home facilitam demais. De cima pra baixo ou de baixo pra cima é possível ter um controle excelente das principais funções do iPhone. E as transparências ficaram incríveis. 😀

  • Share